Entrevista com escritoras

18 mar

01

Olá galera!

Ontem à noite eu recebi uns materiais muito legais (boy mais uma vez apoiando todos os meus projetos!) e de última hora mudei os planos de postagem do blog para compartilhar logo com vocês essas novidades.

Todo mundo sabe como é difícil publicar um livro aqui no Brasil, né? Não é impossível, claro, mas precisa de bastante esforço. Porque vê só, nós escritoras (sim, estou me incluindo, ok?) temos que criar um enredo atraente e que dê ‘liga’, depois disso vem a parte de conseguir uma maneira de publicá-lo, e mesmo com a obra nas mãos o trabalho não para por aí, não. Chegou então a hora de correr para divulgar e conquistar novos e novos leitores. Para cada novo livro, a rotina recomeça. Ufa!

Como eu ainda tenho muitas dúvidas em relação ao mercado editorial brasileiro, consegui uma entrevista básica com algumas escritoras brasileiras que já trilharam a maior parte do caminho – a da criação e publicação de suas obras. E, a partir da semana que vem, vou postar aos poucos o material aqui para vocês, certo? Dessa forma vocês também tiram suas dúvidas e ficam mais sabendo um pouquinho mais sobre esse universo. Além de conhecerem novos livros para se viciarem!

Todo mundo sai ganhando, né não?

  • Categorias: Blog, Livros | Tags: ,
  • 5 Comentários em “Entrevista com escritoras”

    1. Luana Campos 18/03/2014 at 02:47 #

      Infelizmente ainda é muito difícil a publicação de um livro e ainda mais difícil sua publicidade, a obra ser conhecida. Muitos brasileiros tem um pré-conceito acabam dando mais valor a obras estrangeiras do que nacional, muitas vezes até sendo de pessoas conhecidas.
      Digo, pré-conceito pq temos autores maravilhosos em nosso território, mas as pessoas não se permitem conhece-los.
      Tenho acompanhado a batalha de algumas escritoras, como a Pâmella Marcenal que tem o marcador de página de seu livro “Sob a Pele” na imagem acima, sei o quanto ela tem se dedicado pelo livro, tanto na concepção da obra, quanto no pós, o seu lançamento. A forma como todos os dias ela busca novos leitores, faz brincadeiras, posta imagens, a interação com os leitores, o carinho, enfim… ela é uma guerreira.
      O livro é MARAVILHOSO, fala sobre o valor da família, superação, amor, amizade e perdão. Você ri, chora, torce, fica com raiva e aprende muito, te faz pensar muito na sua vida e na vida de pessoas a sua volta.
      Sinceramente desejo que mais pessoas como vc Leli (olha a intimidade rsrs) de espaço para novos escritores e que suas obras sejam reconhecidas e atinjam o coração de muitas pessoas.
      Parabéns pelo blog! Parabéns pela iniciativa! Como amiga e leitora da Pâmella Marcenal agradeço pelo espaço dado a ela.
      Sucesso e que Deus te abençoe.
      Beijinho

      [Reply]

      Lelita Reply:

      Realmente a publicação e divulgação de livros nacionais é muito complicada. Imagino como seja difícil e fico até feliz em colaborar de alguma forma pois assim além de ajudar, eu também me preparo para quando eu for me aventurar em publicar o meu. Beijos!

      [Reply]

    Trackbacks and Pingbacks

    1. Entrevistas com escritoras: L. M. Gomes | Palavras Destorcidas - 12/04/2014

      […] mas cá estou eu de volta com nossa série de entrevistas com escritoras nacionais! Pensaram que eu tinha me esquecido ou desistido? Que nada. Não dá para […]

    2. Entrevista com escritoras: Simone Fraga | Palavras Destorcidas - 25/04/2014

      […] volto à dar vida ao blog com mais um post da série de entrevistas com escritoras. A entrevistada da vez é daquelas BEM especiais, sabe? Mesmo com todos os compromissos e […]

    3. Entrevista com escritoras: V. M. Macedo | Palavras Destorcidas - 10/02/2015

      […] Cá estou eu cumprindo o que prometi e iniciando a rodada de entrevistas com escritoras, conforme eu adiantei neste poste. […]

    Deixe um comentário