Em mil pedaços

28 ago

milpedaçosFonte: Imagem

É difícil escrever quando não se sabe sequer como começar. Quando os pensamentos não se alinham e nem tem lógica alguma. Você simplesmente não consegue domá-los enquanto eles voam por todas as direções.

Mas talvez isso seja normal quando as circunstâncias mudam e a vida puxa o seu tapete. Quando você cai de cara no chão e tudo o que era certo já não o é mais. Aí talvez seja mesmo normal não conseguir parar de pensar. Talvez isso seja até melhor do que o silêncio de uma mente vazia.

Todos os dias, em algum lugar, o mundo de alguém está virando de ponta-cabeça. Nunca acreditamos que um dia será a nossa vez. Até que acontece. As pessoas que amamos não vivem para sempre, os empregos (por mais estáveis que pareçam) nunca são totalmente garantidos, os relacionamentos podem acabar de repente, a saúde às vezes prega peças, as pessoas nos decepcionam….

Por que esquecemos destas coisas e agimos como se tudo estivesse garantido?

No entanto, não há para onde fugir. Não há como se preparar para o dia no qual a nossa falsa estabilidade será abalada. Nunca estaremos prontos. E por isso é tão natural (e normal) ficarmos tristes, perdidos, quebrados. Em mil pedaços.

O que resta é lidar com os acontecimentos da melhor forma que pudermos. Reconfigurar quem somos, no que acreditamos e o que de fato queremos. Tudo sem pressa, sem fugir do sofrimento. Às vezes, precisamos sentir a dor. Ela tem muito a ensinar, e pode nos fazer crescer se permitirmos. O tempo a deixará mais suave a cada dia.

Até que um de repente você se sentirá capaz de juntar os cacos e recomeçar.

  • Categorias: Bem Estar | Tags: , ,

  • Fatal error: Call to undefined function wp_related_posts() in /home/palav807/public_html/wp-content/themes/inlovedesign/single.php on line 48