TAG: 2017

10 livros para 2017

14 jan



Olá galera! Aqui estou eu retomando o nosso tema tão amado: os livros! Confesso que estava com certa preguicinha de escolher livros para ler ao longo deste ano, pois geralmente muitos outros acabam entrando na frente e quando chega Dezembro eu nem li metade da minha lista original.

MAAAS, acabei optando por fazer a lista, assim meio atrasadinha mesmo, porque vi alguns vídeos de gente que fez e porque eu tenho muitos livros na minha estante que nunca foram lidos simplesmente por esquecimento e falta de organização nas leituras. Aliás, acho que o fato de nunca ler todos os livros da lista é meio que uma falta de foco literário, não? A gente sabe que a vida acontece sem pedir permissão e bagunça as coisas às vezes, mas dá para colocar a lista visível e se comprometer a ler pelo menos 1 livro por mês dali. É uma maneira de ter mais foco, se depois disso você estende essa determinação para as outras áreas da sua vida e para suas metas.

Vamos à lista então? Se estiver com pressa, desce a página que tem vídeo lá no final do post!

1. 1984 – George Orwell Compre aqui

Sinopse: Romance distópico clássico do autor britânico George Orwell. Terminado de escrever no ano de 1948 e publicado em 8 de Junho de 1949, retrata o cotidiano de um regime político totalitário de modelo comunista. No livro, Orwell mostra como uma sociedade oligárquica é capaz de reprimir qualquer um que se opuser a ela. O romance tornou-se famoso por seu retrato da difusa fiscalização e controle de um regime coletivista-socialista na vida dos cidadãos, além da crescente invasão sobre os direitos do indivíduo. Desde sua publicação, muitos de seus termos e conceitos, como “Big Brother”, “duplipensar” e “Novilíngua” entraram no vernáculo popular. O termo “Orwelliano” surgiu para se referir a qualquer reminiscência do regime ficcional do livro. O romance é geralmente considerado como a magnum opus de Orwell.

2. Adeus, Aposentadoria – Gustavo Cerbasi Compre aqui

Sinopse: Esqueça tudo o que você já ouviu falar sobre aposentadoria. A ideia de parar de trabalhar e se sustentar com um auxílio mensal é um conceito ultrapassado para dar conta do padrão de vida que queremos ter.
Bancos, empresas de previdência, fundos de pensão e o Ministério da Previdência Social recomendam que as pessoas poupem mais ao longo dos anos para chegarem com uma boa reserva à idade avançada. Mas será que apenas essa poupança resolve o problema?
Quem já passou dos 60 anos lamenta não ter se esforçado mais no passado e sabe que, mesmo que tivesse dobrado seu esforço, ainda estaria longe de uma situação confortável. Como estamos vivendo mais, com mais qualidade, custo de vida mais alto e maior nível educacional e cultural, a renda de uma aposentadoria – pública ou privada – não é suficiente hoje. A velha fórmula deixou de funcionar.
É preciso adotar um modelo realista para planejar o futuro. Reunindo pesquisas e reflexões sobre casos de fracasso e de sucesso, este livro propõe uma nova forma de enxergar o trabalho e de lidar com o dinheiro, oferecendo conselhos atualizados sobre a melhor maneira de se educar, de investir, de empreender e de gerenciar a carreira.

3. Encontrada – Carina Rissi Compre aqui

Sinopse: Sofia está de volta ao século dezenove e mais que animada para começar a viver o seu final feliz ao lado de Ian Clarke. No entanto, em meio à loucura dos preparativos para o casamento, ela percebe que se tornar a sra. Clarke não vai ser tão simples quanto imaginava. As confusões encontram a garota antes mesmo de ela chegar ao altar e uma tia intrometida que quer atrapalhar o relacionamento é apenas uma delas. Além disso, coisas estranhas estão acontecendo na vila. Ian parece estar enfrentando alguns problemas que prefere não dividir com a noiva.
Decidida, Sofia fará o que estiver ao seu alcance para ajudar o homem que ama. Ela não está disposta a permitir que nada nem ninguém atrapalhe seu futuro. Porém suas ações podem pôr tudo a perder, e Sofia descobre que a única pessoa capaz de destruir seu felizes para sempre é ela própria.
Em Encontrada: À espera do felizes para sempre, Carina Rissi traz de volta o mundo apaixonante de Ian e Sofia, nos permitindo mergulhar mais uma vez nesta maluca e envolvente história de amor.

4. Medos, Fobias e Pânico – Lourdes Possatto Compre aqui

Sinopse: Do que você tem medo? Medo de viver? Medo de morrer? Medo de doenças? Do escuro, de água, de altura, de insetos, de animais, de perdas materiais, de perder pessoas queridas? Medo de que o mundo acabe? Medo do futuro, hipocondria, claustrofobia, solidão, medo de sonhar, medo de dormir, síndrome do pânico, fobias? Medo de ser você mesmo? Aceitar, entender, confrontar os medos é uma forma de autoconhecimento; o medo não vai embora sozinho, a menos que compreendamos porque conservamos determinadas atitudes.
Entretanto, é importante entender que os medos fazem parte de nossa natureza. São mecanismos que preservam a vida. Não existe não ter medo de nada, sempre haverá certa apreensão, uma questão de tomar cuidado e observar melhor. De fato, se alguém não tivesse medo algum, com certeza seria um suicida em potencial. O medo de morrer, de algo não dar certo, daquilo que não conhecemos ou não entendemos é extremamente comum e saudável.

5. Mentira Perfeita – Carina Rissi Compre aqui.

Sinopse: Júlia não tem tempo para distrações. Ela é brilhante e sempre se esforça para ser a melhor naquilo que faz; por essa razão, sua vida pessoal acabou ficando de lado. Algo que sempre preocupou sua tia Berenice. Gravemente doente, a mulher teme que Júlia acabe completamente sozinha quando ela se for. Júlia faria qualquer coisa qualquer coisa mesmo! por tia Berê e, em seu desespero para agradar a única mãe que já conheceu, inventa um noivo enquanto torce por um milagre… E então o milagre acontece: Berenice se recupera e, assim que deixa o hospital, gasta todas as suas economias com o casamento dos sonhos para a sobrinha. Como Júlia pode contar a ela que mentiu, com a saúde da tia ainda tão frágil? É quando Júlia conhece Marcus Cassani. Ele é irritantemente cínico, mulherengo e lindo de um jeito que a deixa desconfortável. Marcus também está enfrentando problemas, e um acordo entre eles parece ser a solução. Tudo o que Júlia sabe é que deveria se afastar de Marcus. Mas seu coração tem uma ideia muito diferente…

6. Pensar bem nos faz bem, Volume 1 – Mario Sergio Cortella  Compre aqui

Sinopse: Religião, educação, família, carreira e ética, são temas bastante discutidos e relevantes na sociedade atual, e pode não parecer, mas eles têm ligação entre si. Tendo como inspiração esses temas, o autor Mario Sergio Cortellaelaborou seu mais novo trabalho, “Pensar bem nos faz bem! – Pequenas reflexões sobre grandes temas”. Os livros são baseados nas falas diárias do autor na rádio CBN e trazem o olhar da Filosofia sobre temas do quotidiano

7. O Mundo de Sofia – Jostein Gaarder Compre aqui

Sinopse: Às vésperas de seu aniversário de quinze anos, Sofia Amundsen começa a receber bilhetes e cartões-postais bastante estranhos. Os bilhetes são anônimos e perguntam a Sofia quem é ela e de onde vem o mundo. Os postais são enviados do Líbano, por um major desconhecido, para uma certa Hilde Møller Knag, garota a quem Sofia também não conhece. O mistério dos bilhetes e dos postais é o ponto de partida deste romance fascinante, que vem conquistando milhões de leitores em todos os países e já vendeu mais de 1 milhão de exemplares só no Brasil. De capítulo em capítulo, de “lição” em “lição”, o leitor é convidado a percorrer toda a história da filosofia ocidental, ao mesmo tempo que se vê envolvido por um thriller que toma um rumo surpreendente.

8. A Lista de Brett – Lori Nelson Spielman Compre aqui

Sinopse: Brett Bohlinger parece ter tudo na vida — um ótimo emprego como executiva de publicidade, um namorado lindo e um loft moderno e espaçoso. Até que sua adorada mãe morre e deixa no testamento uma ordem: para receber sua parte na gorda herança, Brett precisa completar a lista de sonhos que escreveu quando era uma ingênua adolescente. Deprimida e de luto, Brett não consegue entender a decisão de sua mãe — seus desejos adolescentes não têm nada a ver com suas ambições de agora, aos trinta e quatro anos. Alguns itens da lista exigiriam que ela reinventasse sua vida inteira. Outros parecem mesmo impossíveis. Com relutância, Brett embarca numa jornada emocionante em busca de seus sonhos de adolescência. E vai descobrir que, às vezes, os melhores presentes da vida se encontram nos lugares mais inesperados.

9. Escolha Sua Vida – Paula Abreu Compre aqui

Todos os dias, a vida nos dá uma nova chance de recomeçar. Mas em geral o medo, a insegurança e a falta de tempo nos impedem de aproveitar essa oportunidade. Ao ler este livro, você vai descobrir como se abrir para essas mudanças, sair da inércia e começar a viver a vida segundo as suas próprias regras. Isso significa reafirmar seus valores, abandonar crenças limitadoras, definir sua noção de felicidade e ir à luta.
Não espere mais. Mude – mesmo que ainda não se sinta pronto. O importante é dar o primeiro passo. Escolha sua vida traz exercícios práticos e diversas reflexões para ajudar você a iniciar essa jornada.

10. Princesa Adormecida – Paula Pimenta Compre aqui

Sinopse: Era uma vez uma princesa… Você já deve ter ouvido essa introdução algumas vezes, nas histórias que amava quando criança. Mas essa princesa sou eu. Quer dizer, é assim que eu fiquei conhecida. Só que minha vida não é nada romântica como são os contos de fada. Muito pelo contrário.  Reinos distantes? Linhagem real? Sequestro? Uma bruxa vingativa? Para mim isso tudo só existia nos livros. Meu cotidiano era normal. Tá, quase normal. Vivia com meus (superprotetores) tios, era boa aluna, tinha grandes amigas. Até que de uma hora pra outra, tudo mudou.  Imagina acordar um dia e descobrir que o mundo que você achava que era real, nada mais é do que um sonho. E se todas as pessoas que você conheceu na vida simplesmente fossem uma invenção e, ao despertar, percebesse que não sabe onde mora, que nunca viu quem está do seu lado, e, especialmente, que não tem a menor ideia de onde foi parar o amor da sua vida. Se alguma vez passar por isso, saiba que você não é a única. Eu não conheço a sua história, mas a minha é mais ou menos assim…

  • Categorias: Livros | Tags: , , ,
  • Não faça promessas, faça metas

    30 dez



    E as suas metas, hã?

    É isso galera, 2016 está dando seus últimos suspiros…

    Este ano foi bem complicado para a maioria das pessoas, inclusive para mim, tendo as dificuldades relação direta com a política e economia do país ou não. Por causa de tantos contratempos, eu sei que tem muita gente querendo ver 2016 pelas costas mesmo, e torce para que 2017 seja melhor. E é justamente aí que entram as promessas de fim de ano que, independente da situação (boa ou má), sempre aparecem nos últimos dias de um ano. Como este é um momento no qual desejamos muito um sopro de esperança, precisamos tomar cuidado para não perder a mão com nossas resoluções para 2017. É para isto que estou aqui trazendo este post, para ajudar a quem quer fazer coisas diferentes no próximo ano, porém não quer se descuidar e perder o foco.

    Vamos lá. Vocês perceberam que até o momento eu só falei em promessas? Porque é isso que muita gente faz apenas. Promete melhorar nos estudos, ser um filho/cônjuge mais atencioso, não procrastinar a realização de um sonho, promete emagrecer e muitas outras coisas. Mas a extensão do plano é essa. Muitos ficam no plano do abstrato, não se perguntam o porquê e o como farão tal coisa, tal objetivo. Aí o que acontece? A falta de direcionamento e detalhamento nos faz abandonar coisas que queríamos fazer antes mesmo de começar. Metas abrangentes demais não são metas, são promessas. São sonhos.

    Para fazer metas concretas e que não te deem vontade de desistir antes do Dia de Reis, existem alguns passos simples que você pode seguir.

     


     

    1.Defina quais serão suas prioridades no próximo ano. É recomendado que você trabalhe em apenas uma ou duas áreas de sua vida por vez, mais do que isso pode te deixar confuso e fazer com que você desmotive com mais facilidade. Por exemplo, se você acha que sua vida pessoal e sua saúde estão jogadas às traças e quer dar mais atenção à elas, então suas metas de fim de ano serão apenas relacionadas a estes dois setores, certo? Você só pode migrar para outra área quando tiver concluído ou mudado seu objetivo inicial.

     

    2.Detalhe sua meta o máximo possível. Nada de apenas escrever “Quero estudar inglês” no seu caderninho ou agenda. Já sabemos que isso não é meta. Você precisa de detalhes. Por que você quer estudar inglês? Tem a ver com suas prioridades do passo 1? Seguindo estas perguntas sua meta poderia ser “Quero estudar inglês porque minha prioridade agora é ter melhor posição profissional e isso me ajudará a crescer na minha empresa e/ou conseguir um trabalho melhor na minha área até o fim de 2017.

     

    3.Crie passos pequenos que não sejam difíceis demais de realizar. Aqui é onde a gente responde como chegaremos ao nosso objetivo. Imagine uma escada. Você não consegue saltar e voar para chegar até o topo em uma única passada, certo? Às vezes a escada é tão alta que dá até um pouco de desânimo quando olhamos lá pra cima. Mas você consegue subir no degrau que está à sua frente. O mesmo acontece com nossas metas. Se focarmos no objetivo final, nem começaremos porque acharemos difícil demais. É importante criar pequenos passos que sejam atingíveis no seu dia a dia. Por exemplo, se você deseja emagrecer, você hoje pode focar em fazer exercícios por 1 hora e evitar doces e frituras. Imagine-se subindo um degrau da sua escada a cada dia que conseguir cumprir esta tarefa.

     

    4.Valorize-se por suas conquistas. É imprescindível que você admita e admire o esforço que faz a cada degrau conquistado. Para metas longas (1 ano ou mais) isso é ainda mais importante. Você pode não estar no topo da escada ainda, mas também não está mais onde começou. Só o fato de você se colocar em movimento disposto a fazer uma mudança na sua vida é maravilhoso. Muitos nem tentam. A cada quilo perdido, comemore, se dê um agrado (que não seja comida, claro). Isso te manterá motivado até o final. E não deixe que ninguém menospreze sua perseverança, só você sabe o que foi preciso para chegar (ou se manter) firme no seu objetivo.

     


     

    Espero que estes passos sejam úteis e que vocês consigam realizar o que pretendem em 2017. Não esqueçam de dar atenção a apenas dois setores da sua vida, ok? Depois venham aqui me contar como estão se saindo, ou tirem foto das suas resoluções passo a passo e me marquem no Instagram (@palavrasdestorcidas). Se você já tem um método para não abandonar suas metas, me conte também! Vamos trocar figurinhas. Eu pretendo dar mais foco ao blog e por isso estou criando também uma série de passos, entre eles criar uma pesquisa de opinião com meus leitores, para que nós possamos ficar mais próximos e para que eu saiba certinho o que vocês esperam ler. Passa lá e responde rapidinho! 😉

    Desejo a todos um feliz de ano tranquilo. Por mais que 2016 tenha nos decepcionado em vários aspectos, ele também nos trouxe algo de bom (pensa aí que você encontra!), portanto vamos nos despedir dele com alegria e brindar a chegada de 2017 com festa e esperança. O que está ao nosso redor nós não podemos mudar, mas o que está dentro da gente sim! Força galera e até ano que vem.!

    (Já respondeu a pesquisa?? Pleease!)

  • Categorias: Estilo de Vida, Vida prática | Tags: , , , , , ,